Estacionamento – 17,8% vai para a Prefeitura

Você sabia que 17,8% de tudo o que o estacionamento rotativo público de Lajeado arrecada vai para os cofres municipais?
Essa é a idéia do projeto de lei apresentado pelos vereadores Carlos Eduardo Ranzi, Antonio Marcos Scheffer, Waldir Blau,  Arilene Dalmoro e Eder Spohr, que teve aprovação unânime da casa.
A partir da aprovação do projeto de lei, segue para a sanção pelo Prefeito Marcelo Caumo.
Segundo Ranzi, “a expectativa é de que a população compreenda que do valor que ela está pagando ao estacionamento rotativo, 17,8% vai ou deveria ir para os cofres municipais, significa mais transparência e fiscalização do recurso público”.
Abaixo, entrevista feita pela TV Univates com o vereador Ranzi:

Trânsparência no Estacionamento Rotativo

Reportagem do Jornal da Univates sobre o Projeto de Lei aprovado pela Câmara de Vereadores, que tem como objetivo tornar mais transparente o sistema de estacionamento rotativo de Lajeado. A proposta define que, nos comprovantes de pagamento do estacionamento rotativo conste o valor destinado ao Fundo Municipal de Trânsito, que é de 17,8% do que é arrecadado pela empresa que administra o estacionamento rotativo.

Publicado por Carlos Eduardo Ranzi em Quinta, 30 de março de 2017

Send a Comment

Your email address will not be published.